Se você é trader ou opera no mercado de Opções, você precisa entender a volatilidade implícita.

Esse conceito é fundamental para você poder determinar estratégias para determinados ativos.

Hoje você vai entender o que é a volatilidade implícita e como ela pode influenciar as suas operações em Opções.

O que mostra a volatilidade implícita em opções

A volatilidade implícita demonstra a expectativa do mercado para um determinado movimento.

A volatilidade implícita geralmente aumenta em mercados de baixa e diminui em mercados de alta.

Logo, isso nos traz dados sobre valores altos e baixos e o que isso pode significar.

Uma volatilidade implícita alta resulta em opções com prêmios mais altos.

Porém, uma volatilidade implícita baixa resulta em opções com prêmios mais baixos.

Vale ressaltar que a volatilidade implícita demonstra amplitude, porém não a direção desses movimentos.

A volatilidade implícita é o componente de modelos de precificação de opções, como o modelo Black-Scholes.

Esse modelo fornece o preço de mercado de uma opção.

A volatilidade implícita mostra a volatilidade que o mercado está considerando para determinado ativo.

Ou seja, temos uma ideia de sentimento do mercado sobre determinado ativo.

No entanto, a volatilidade implícita não prevê a direção que uma opção está tomando.

Volatilidade implícita

Entendendo esse indicador

Primeiramente, a volatilidade implícita é um dos fatores decisivos na precificação de uma opção.

Os contratos de opções de compra permitem que o titular compre ou venda um ativo a um preço específico durante um período pré-determinado de tempo.

A volatilidade implícita se aproxima do valor futuro da opção.

Ademais, o valor atual da opção também é levado em consideração.

As opções com alta volatilidade implícita terão prêmios mais elevados e vice-versa, como já observamos acima.

Porém, é importante lembrar que a volatilidade implícita é baseada na probabilidade.

Ou seja, é apenas uma estimativa dos preços futuros, e não uma indicação deles.

Portanto, você deve tomar cuidado para não basear suas decisões de investimentos ou operações somente nesse indicador.

Embora os investidores levem em conta a volatilidade implícita ao tomar decisões de investimento, essa dependência inevitavelmente tem algum impacto sobre os próprios preços.

Por exemplo, não há garantia de que o preço de uma opção irá na direção que você imaginou.

No entanto, ao considerar uma operação, analisar a volatilidade implícita te ajuda a entender o sentimento geral do mercado.

Afinal, como já falamos, a volatilidade implícita está diretamente correlacionada com a opinião do mercado.

E isso afeta a precificação das opções.

Volatilidade de preços

Como analisar

Agora vamos falar de como a volatilidade pode te ajudar a estimar os preços do mercado.

Primeiramente, você precisa saber que uma ferramenta que pode ser usada são os Polinômios.

Polinômios:

Estes também são usados para modelar curvas de precificação através da volatilidade.

A ideia é você utilizar as funções polinomiais para estimar os preços que podem variar de acordo com as movimentações do mercado ou ao longo do tempo.

Quem nunca se deparou com um buraco no bid/ask?

Ou discrepâncias de preços na hora de sair das operações?

Pois é, os polinômios estão aí justamente para ‘’tampar’’ estes buracos.

Ademais, o OpLab utilizando metodologia e cálculos próprios ajuda o investidor a ter maior segurança para realizar suas operações.

tela de report

Para analisar a volatilidade implícita, você precisa de uma plataforma que te mostre o indicador de forma visual.

No Brasil, existem diversas plataformas no mercado, como o Trademap, etc. mas o OpLab é a melhor plataforma para gestão de investimentos.

Indicadores de volatilidade:

Aqui no Brasil, o OpLab te entrega a volatilidade implícita de forma visual.

No OpLab, você pode ver o gráfico de volatilidade implícita histórica para qualquer ativo que tenha negociação de Opções.

Volatilidade implícita

Dessa forma você consegue ver se a volatilidade está alta ou baixa comparado ao histórico do ativo.

No OpLab você tem indicadores como o IV Percentil e o IV Rank.

O IV Rank compara a volatilidade implícita atual de uma ação com sua faixa de volatilidade implícita (máxima e mínima) durante um certo período. 

A fórmula do IV Rank é:

volatilidade implícita - volatilidade implícita mínima do ano / volatilidade implícita máxima do ano - volatilidade implícita mínima do ano.

Então, por exemplo vamos pegar uma ação cuja volatilidade implícita atual esteja em 20%.

Imagine que sua volatilidade implícita máxima do ano foi de 35%.

Imagine também que a mínima foi de 15%

Ou seja, nesse caso o IV Rank é de 25%

Além disso, a plataforma permite que você gerencie sua carteira com ações, opções e fundos imobiliários.

O que afeta a volatilidade implícita?

Assim como no mercado como um todo, a volatilidade implícita está sujeita a mudanças imprevisíveis.

Primeiramente, oferta e demanda são os principais fatores determinantes para a volatilidade implícita.

Ou seja, quando um ativo está em alta demanda, o preço tende a subir.

O mesmo acontece com a volatilidade implícita, o que leva a um prêmio de opção mais alto devido à natureza arriscada da opção.

E o oposto também é verdadeiro.

Ou seja, quando há excesso de oferta, a volatilidade implícita cai e o preço da opção se torna mais barato.

Um terceiro elemento que influencia o prêmio é o valor do tempo da opção, ou a quantidade de tempo até que a opção expire.

Uma opção de curto prazo geralmente resulta em baixa volatilidade implícita.

Da mesma forma, uma opção de longo prazo tende a resultar em alta volatilidade implícita.

A diferença está no fator tempo: o tempo restante até o vencimento do contrato.

Volatilidade do IBOV

Vantagens e desvantagens

Existem algumas vantagens e desvantagens que você precisa levar em consideração ao olhar a volatilidade implícita.

A volatilidade implícita ajuda a quantificar o sentimento do mercado. Ele projeta a dimensão do movimento que um ativo pode fazer.

No entanto, como mencionado anteriormente, ele não indica a direção do movimento.

Outro ponto importante é a natureza dessa métrica.

A volatilidade implícita não se baseia nos fundamentos dos ativos, e sim no preço deles. Além disso, notícias ou eventos adversos podem impactar a volatilidade implícita.

Conclusão

Hoje você aprendeu o que é a volatilidade implícita e como ela faz parte da precificação de Opções.

Vimos que a volatilidade implícita demonstra a expectativa do mercado para um determinado movimento.

Ademais, a volatilidade implícita geralmente aumenta em mercados de baixa e diminui em mercados de alta.

Porém, a volatilidade implícita pode induzir ao erro, uma vez que ela apenas demonstra amplitude de movimento, sem identificar qual movimento será esse.

Além disso, A volatilidade implícita não se baseia nos fundamentos dos ativos, e sim no preço deles.

Artigos relacionados

Acompanhe o blog do OpLab e confira tudo sobre mercado de opções, investimentos e finanças pessoais.