Entender como precificar uma empresa é um conceito chave para qualquer investidor, e para isso o preço/lucro pode te ajudar.

Afinal, é importante saber como precificar uma empresa.

Uma pergunta frequente é: como saber se uma empresa está cara ou se está barata?

Esses dilemas subjetivos fazem parte do cotidiano do investidor de valor.

Hoje vamos falar de uma métrica que permite resolver parte desse problema.

Sim, é o indicador Preço/Lucro (P/L).

Com esse indicador, é possível aliviar parte da dor de saber se uma empresa está cara ou barata.

Porém, como todos os indicadores, ele apresenta limitações.

Vamos nos aprofundar o tema de preço/Lucro.

O que é o indicador Preço/Lucro?

O índice preço / lucro (índice P / L) é uma métrica de valuation que mede o preço atual de suas ações em relação aos lucros por ação (EPS).

A relação preço / lucro também é conhecida como o múltiplo de preço ou o múltiplo de lucro.

Os índices P / L são usados por investidores e analistas para determinar o valor relativo das ações de uma empresa.

Com isso, é possível ver se ela está cara em uma comparação equivalente.

Essa comparação pode ser feita entre empresas de um mesmo setor, por exemplo.

Além disso, o indicador também pode ser usado para comparar uma empresa com seu próprio registro histórico.

Você também pode usar essas métricas para analisar o mercado como um todo.

Por exemplo, existe um indicador chamado Shiller PE que mede a relação preço/lucro do mercado americano:

Schiller PE Ratio

Como você pode ver, o indicador encerrou o ano acima das 35x.

É possível compará-lo com momentos históricos e ver se está mais alto ou mais baixo.

Para determinar o valor P / L, basta dividir o preço atual da ação pelo lucro por ação (EPS).

O que é o preço/lucro

Análise do P/L

Existem algumas formas de se olhar o preço/lucro.

O horizonte de tempo pode ter uma influencia especial. Por exemplo, qual o horizonte do seu investimento?

Às vezes, os analistas analisam as médias dos Preço/Lucro dos últimos 10 anos ou 5 anos, respectivamente.

Essas medidas são frequentemente usadas ao tentar medir o valor geral de um índice de ações como o S&P 500.

Isso acontece pois essas medidas de prazo mais longo podem compensar as mudanças no ciclo de negócios.

A relação P / L do S&P 500 oscilou de um mínimo de cerca de 6x (em 1949) para mais de 120x (em 2009).

PE ratio do S&P 500

Ou seja, o P / L médio de longo prazo para o S&P 500 é cerca de 15x.

Isso significa que as ações que compõem o índice coletivamente tem um prêmio 15 vezes maior do que seus ganhos médios ponderados.

Atualmente, o índice está perto de 40x. Isso pode significar que o índice está caro.

Porém, é por isso que vale a pena analisar ações individualmente, para encontrar barganhas.

Por exemplo, hoje em 2021 é claro que o índice está caro por conta do valuation das ações de tecnologia.

Hoje, na bolsa americana, as 5 maiores ações são Microsoft, Amazon, Google, Apple e Facebook.

E essas 5 ações representam aproximadamente metade do peso total do índice.

E essas ações estão em valuations altos.

Logicamente, qualquer alta ou baixa nessas ações irá influenciar a direção do índice da bolsa americana.

Porém, se você olhar entre as demais 500 empresas americanas, existem empresas excelentes a preços justos.

Pontos positivos do indicador preço/Lucro

Existem vantagens de você usar o índice preço/lucro em suas análises.

Primeiramente, você pode facilmente determinar se uma empresa está com o preço justo ou se o preço está caro.

Você consegue fazer isso ao fazer o comparativo do índice P/L com outras empresas do mesmo setor.

Ademais, fazer um processo de valuation com fluxo de caixa descontado pode ser complicado.

Portanto, na correria do dia a dia, pode ser mais simples olhar o múltiplo de preço/lucro.

Considerações sobre o Preço/Lucro

O indicador de preço/lucro, assim como qualquer indicador, não deve ser usado de forma isolada.

Se usado de forma isolada, ele pode induzir ao erro.

Por exemplo, um P/L de 25x pode ser considerado elevado se considerado à média histórica de 15x do S&P 500.

Porém, se a empresa cresce muito ano a ano, e gera caixa e lucros crescentes, será que realmente ela está cara?

Será que não é justificável que ela tenha um valuation mais alto?

O inverso também é verdadeiro.

Se você achar uma empresa cotada a 14x o seu lucro, isso não necessariamente quer dizer que é uma barganha.

Por exemplo, se a empresa perde receita há alguns anos e tem lucros em queda há muito tempo, ou se ela queima caixa, será que ela é uma barganha?

Provavelmente ela está subvalorizada pois ela merece ser subvalorizada, já que seus fundamentos estão se deteriorando.

Indicador preço/lucro

Onde encontrar o Preço/Lucro das empresas?

Hoje em dia existem diversos sites de análise de dados de mercado.

Porém, nada melhor do que uma plataforma para você poder acessar todos esses dados enquanto escolhe seus investimentos.

No Brasil, o OpLab é a melhor ferramenta para gestão de portfólio.

Ou seja, você pode incluir diversas classes de ativos na sua carteira: ações, opções e fundos imobiliários.

No OpLab você tem a seção de indicadores fundamentalistas que permite que você veja dados financeiros das empresas.

Nessa seção você verá o P/L, além de diversos outros indicadores fundamentalistas que vão te ajudar na sua análise.

Clique aqui para testar o OpLab por 30 dias grátis e tenha acesso à todos esses indicadores!

Conclusão

Como já falamos, você não deveria analisar nenhum indicador de forma isolada.

Isso porque cada indicador olha apenas um aspecto da empresa. Portanto, um indicador isolado por levar o investidor ao erro.

Logo, é importante sempre olhar uma série de indicadores e métricas, para tomar uma decisão mais completa.

Dito isso, vale a pena lembrar dos principais pontos do P/L.

Esse indicador permite determinar o preço da ação com relação ao seu lucro, e fazer uma comparação com empresas similares.

Dessa forma, podemos tentar entender se uma empresa está cara ou barata.

Se você gostou desse artigo, compartilha!

Artigos relacionados

Acompanhe o blog do OpLab e confira tudo sobre mercado de opções, investimentos e finanças pessoais.